O 1o. Doshu do Aikido (o fundador)

Morihei Ueshiba (1883 -- 1969) : 85 anos

--- Dōshu (道主) é um título hereditário (literalmente "mestre do caminho") denotando o representante maior da organização Aikikai

Morihei Ueshiba (植芝盛平 Ueshiba Morihei; Tanabe, 14 de dezembro de 1883 – 26 de abril de 1969) foi um famoso artista marcial japonês. Fundador do aikido, é conhecido como O-Sensei ("Grande Professor" ou "Grande Mestre") por seus praticantes.

Aos vinte anos já tinha adquirido excelentes condições físicas através de exercícios. Aprendeu jiujitsu do estilo Kitoryu com o Prof. Torawa Tokusaburo. Também recebeu o diploma de seu professor Sakai Masakatsu de espada da Escola Yagyu-Ryu.  Aos 21 anos se alistou como praça no Exército na guerra Japão-Rússia. Seu desempenho na campanha foi tal que ao término da guerra, seus comandantes visitaram o então sargento Ueshiba, convidando-o para entrar na Academia Militar. Porém, não se interessou, pois seu caminho achava-se em outra parte.

Em 1910, chegou a Hokkaido e começou a cultivar a terra num lugar chamado Shirataki. Recuperado da doença, renovado o espírito e no vigor dos trinta anos o prof. Ueshiba torna-se líder da comunidade, faz parte do conselho da prefeitura e participa intensamente nas reivindicações para melhoria do vilarejo. É nesse tempo em Hokkaido que ele encontra o mestre Sokaku Takeda do Daito-ryu jiujitsu. Este mestre era um homem pequeno de grande força, bastante rude e severo, de difícil convivência. Mestre Takeda viu em O-Sensei um aluno excepcional e de grande autocontrole para receber os ensinamentos deste estilo de jiujitsu que só era transmitido muito particularmente. Não foram fáceis os tempos de aprendizagem! Ueshiba submeteu-se ao severo autoritarismo do professor, de corpo e alma. As aulas não tinham horário marcado, podiam ocorrer a qualquer hora do dia ou da noite, tinha que cortar lenha, preparar as refeições e os banhos do professor Takeda. Além disso, conta-se que Ueshiba pagava 300 a 400 yens por cada técnica ensinada, o que era um valor considerável naquela época. Assim mesmo, os dias gastos no aprendizado eram irregulares. Em cinco anos o Mestre Takeda somente dedicou cinco de cada 100 dias para o ensino. O resto do tempo o aluno tinha que praticar sozinho. Com a idade de 33 anos Mestre Ueshiba recebeu o título de mestre em Dayto-ryu Aikijiujitsu.

Foi com base nesse legado que o mestre Ueshiba transformou, desenvolveu e criou as técnicas para o AIKIDO atual, substituindo o termo "jitsu" (arte para a guerra) pelo termo "do" (caminho espiritual), elevando-o de uma arte marcial para um princípio superior.

Morihei Ueshiba em ação